A HISTÓRIA DO PRIMEIRO JAGANNATHA NO OCIDENTE

Um achado aparentemente simples numa importadora revela-se, na verdade, um arranjo do próprio Senhor Supremo desejoso de Se manifestar no Ocidente e aceitar a adoração simples que os primeiros seguidores de Srila Prabhupada podiam oferecer.

Certo dia, Malati entrou apressadamente no apartamento do Swami, tirou um pequeno objecto do seu saco das compras e colocou-o sobre a escrivaninha para que o Swami o examinasse. “O que é isso, Swamiji?”. Bhaktivedanta Swami olhou para baixo e contemplou uma escultura de madeira de quase oito centímetros, com a cabeça chata, um rosto negro e sorridente, com grandes olhos redondos. A figura tinha braços atarracados e projetados para a frente e um simples tronco verde e amarelo, sem nenhum pé visível.

Imediatamente, o Swami juntou as palmas das mãos e curvou a sua cabeça, mostrando respeito à pequena figura. “Você trouxe o Senhor Jagannatha, o Senhor do Universo”, disse ele, sorrindo com um brilho nos olhos. “Ele é Krishna. Muito obrigado!”. O Swamiji estava radiante de alegria, enquanto Malati e os outros ficaram sentados, imaginando quão afortunados eram em ver o Swamiji tão satisfeito. Ele explicou que aquele era o Senhor Jagannatha, uma Deidade de Krishna adorada em toda a Índia há milhares de anos. Jagannatha, disse ele, é adorado juntamente com duas outras Deidades: Seu irmão, Balarama, e Sua irmã, Subhadra. O Senhor Jagannatha, prosseguiu Bhaktivedanta Swami, é adorado especialmente no estado de Orissa, onde há um grande templo do Senhor Jagannatha, em Puri. A cada ano, nessa cidade, durante o gigantesco festival de Ratha-yatra, milhões de peregrinos de toda a Índia vão adorar o Senhor Jagannatha, Balarama e Subhadra, enquanto as Deidades passeiam numa procissão em três grandes carros.

Vendo este aparecimento do Senhor Jagannatha em São Francisco como a vontade de Krishna, o Swamiji disse que eles deveriam ter o máximo cuidado para dar ao Senhor Jagannatha a devida recepção e adoração. Ele disse que São Francisco poderia passar a chamar-se Nova Jagannatha Puri. Swamiji cantou: jagannatha svami nayana-patha-gami bhavatu me. “Este mantra é para o Senhor Jagannatha”, disse ele. “Jagannatha quer dizer ‘Senhor do Universo’- ‘Ó Senhor do Universo, por favor, permite-me que eu Te veja’- É muito auspicioso que Ele tenha escolhido aparecer aqui”.



Voltar